Retratos e Leituras

em estoque
Retratos e Leituras

Canais sociais:

Retratos e Leituras

R$59,00

Retratos e Leituras é o quarto livro escrito por Otto Maria Carpeaux no Brasil. A primeira edição foi publicada em 1953. Neste livro, mais uma vez, encontramos o grande crítico literário numa grande performance e na sua maior capacidade analítica, discutindo autores tais como Rilke, Baudelaire, Francisco Ayala, James Joyce, Friedriech Wilhelm Foerster, Jonathan Swift, Alessandro Mansoni, Lionel Trilling, E.M. Forster, entre outros.

Em estoque

SKU: 9786588248027 Categorias: , Tags: ,

Retratos & Leituras

Nos vinte ensaios que compõem este livro, Otto Maria Carpeaux apresenta assuntos e livros variados e o faz sempre com a sua prosa deliciosa e elegante, a qual, sem dúvida, o qualifica entre os grande escritores da língua portuguesa no Brasil.
Retratos e Leituras é mais um tesouro de alta cultura e erudição legado por Otto Maria Carpeaux aos leitores brasileiros.

Otto Maria Carpeaux

Otto Maria Carpeaux

Nasceu em Viena, em 1900. Estudou Filosofia, Matemática, Sociologia, Literatura Comparada e Ciências Políticas. Doutorou-se em Química. Foi um intelectual de relevo no meio cultural vienense na década de 30. Após a anexação da Áustria foi perseguido pelos nazistas. Imigrou para o Brasil em 1939.

Carpeaux foi colaborador de diversos jornais e revistas do Rio de Janeiro. Entre seus livros destaca-se a obra-prima História da Literatura Ocidental. Faleceu em 1978, na capital fluminense.

Confira mais sobre a biografia e obras deste autor »

Informações técnicas

  • Formato: Brochura
  • Tamanho: 16x23cm
  • Edição:
  • Páginas: 172
  • ISBN:  9786588248027
  • Ano:  2020
  • Idioma: Português

Resenhas

O crítico Antonio Candido (1918) fala de Carpeaux como uma espécie de "herói civilizador", similar a outro grande intelectual estrangeiro radicado no Brasil, Anatol Rosenfeld (1912-1973), também de formação germanista, na medida em que ambos se instalam no país e contribuem de forma decisiva para a atualização do meio literário e a formação de novas gerações da crítica universitária. Há, por exemplo, marcas da influência de Carpeaux na formação de Alfredo Bosi (1936), que em breve ensaio chega a reconhecer sua dívida com o mestre austríaco.

( - Leia o texto completo na Enciclopédia Itaú Cultural.)

X