Raízes do Totalitarismo

em estoque
Raízes do Totalitarismo
- 40%

Canais sociais:

Raízes do Totalitarismo

R$72,00

A partir do pensamento dos economistas Ludwig von Mises e Friedrich Hayek, Guilherme Paoliello apresenta e explora a tese de que o totalitarismo é fruto do entusiasmo moral mal orientado.  O livro demonstra como o otimismo epistemológico leva à crença de que o homem, apoiado no poder científico, e por meio do planejamento e controle estatal, seria capaz de corrigir a sociedade e libertá-la de todos os seus males.

Em Raízes do Totalitarismo, o leitor vai encontrar uma análise profunda do pensamento liberal e socialista, bem como uma visão do conservadorismo. A originalidade deste livro consiste na interpretação da obra dos dois célebres economistas à luz da filosofia política e das ciências sociais, mostrando que Mises e Hayek, além de suas contribuições para o avanço do pensamento econômico, nos deram também as bases para uma poderosa crítica da tendência moderna de conversão da política em engenharia social.

Raízes do Totalitarismo traz ainda idéias de Alexis de Tocqueville , Edmund Burke, Karl Popper, Michael Oakeshott e Thomas Sowell, que ajudam o leitor a entender melhor como perspectivas liberais e conservadoras podem elucidar as tendências totalitárias da modernidade ainda atuantes entre nós. É uma obra de grande interesse para pesquisadores, professores e alunos das áreas de humanas, mas também para todo cidadão preocupado com a salvaguarda de sua própria liberdade.

Em estoque

Raízes do Totalitarismo: uma visão de Mises e Hayek

“O mundo moderno conheceu o desenvolvimento da revolução científica, a ascensão das ciências naturais e, mais tarde, a ascensão das ciências sociais como a economia, a história, a sociologia e a psicologia. Vivenciou a revolução industrial e a formação de Estados cada vez mais centralizados e burocratizados. Experimentou a emergência do capitalismo e de uma capacidade produtiva inaudita que transformou a vida humana, criando as condições para um grande aumento populacional e a elevação espantosa do padrão geral de vida e das expectativas do homem. Em todo esse contexto, a visão do conhecimento sofreu profundas transformações, e um elemento fundamental nisso foi que, para os filósofos modernos que formaram as ideologias do culto do saber científico, o conhecimento passou a ser explicitamente identificado com o poder: o poder de prever os fenômenos naturais e transformar a natureza; de manipular e utilizar as forças da matéria, colocando-as a serviço do aumento progressivo do bem-estar humano; mas poder também de prever e conduzir as dinâmicas sociais na direção de ideais de aperfeiçoamento humano ditados por ideologias utópicas. Tudo isso em um quadro de crescente secularização, ou seja, da perda da fé no transcendente enquanto fonte de limite e orientação para as ambições humanas, e do surgimento de novos ídolos para os quais o homem, animal essencialmente metafísico, passou a dirigir suas demandas viscerais de sentido, orientação e salvação.”

Guilherme Paoliello

Nascido em Belo Horizonte, Guilherme Dantas Paoliello é mestre e doutor em História pela Universidade Federal de Minas Gerais. Como pesquisador, desenvolveu trabalhos para a Fundação Dom Cabral.  Raízes do Totalitarismo: uma visão a partir de Mises e Hayek é o seu primeiro livro.

Confira mais sobre a biografia e obras deste autor »

Informações técnicas

  • Formato: Brochura
  • Tamanho: 16x23 cm
  • Edição:
  • Páginas: 416
  • ISBN: 9786588248096
  • Ano:  2021
  • Idioma: Português

X